Indústria 4.0 – O que é e qual o impacto no momento atual

Estamos vivendo na era da tecnologia, e a cada ano que passa novas evoluções na indústria aparecem para dar mais agilidade e confiabilidade aos processos industriais.

Uma inovação que está superando as expectativas nesse campo e inovando é a Indústria 4.0. Você deve estar se perguntando o que isso significa e qual o impacto que ela tem causado na Indústria?

Hoje vamos mostrar mais afundo esse assunto, e vamos deixar claro que a Indústria 4.0 veio para revolucionar todos os campos da indústria. Claro que o Brasil ainda está em adaptação, mas muitos já conseguem ver as melhorias.

Acompanhe mais informações a seguir e fique por dentro desta inovação:

 

Conheça o que é a Indústria 4.0

A Indústria 4.0 envolve as inovações principais no quesito tecnologia na automação. Também ela envolve o controle e a tecnologia da informação que geralmente são aplicadas nos processos de manufatura da indústria.

Os processos de produção em uma indústria têm se tornado mais customizados, autônomos e eficientes. Isso é possível pois tem sido utilizado sistemas como Cyber-Físicos, Internet dos Serviços e Internet das Coisas.

Qual o resultado dessa evolução tecnológica? Significativas revoluções na indústria, ou seja, mudanças na maneira de manufaturar os produtos estão acontecendo.

Mas por que chamar essa evolução de Indústria 4.0? Esse termo apareceu pela primeira vez em uma feira chamada Feira de Hannover, no ano de 2011. Ele foi utilizado pelo governo alemão em um dos seus projetos de estratégias.

Em 2013 o grupo responsável por esse projeto apresentou um trabalho final sobre a Indústria 4.0. O projeto tem como fundamento que em breve as fábricas serão mais inteligentes e poderão prever falhas e sistemas, poderão agendar manutenções e planejar de maneira certeira a sua produção.

Isso será possível pois as máquinas estarão conectadas à sistemas inteligentes e ativos. O resultado será uma produção eficiente e sem desperdício de dinheiro.

Para uma indústria adotar o sistema Indústria 4.0 é fundamental conhecer os 6 princípios por trás dessa inovação. Veja a seguir quais são eles e porque são importantes.

 

(foto/via: Claudio Perin)

Princípios da Indústria 4.0

Os seis principais princípios são:

  • Indicação dos serviços: Para a orientação e que para os serviços sejam corretamente indicados e direcionados, serão necessários a implantação de softwares que orientarão os serviços no conceito Internet of Services.
  • Tempo real: Os dados deverão ser alimentados e tratados de forma simultânea, isso tornará possível resolver um problema, tomar decisões no momento em que ocorre o ato, ou seja, em tempo real.
  • Aprimoramento no processo de informações: As máquinas vão ajudar na produção e na disponibilização de informações. Como? Elas não só receberão os comandos para executar uma tarefa, mas também elas vão fornecer todas as informações do andamento do trabalho. Assim os processos de produção podem ser alterados e aprimorados a qualquer momento.
  • Produção modulada: As máquinas produzirão de acordo com a demanda de serviços, através de módulos. Isso vai ajudar na hora de alteras qualquer tarefa nas máquinas. Facilmente o serviço poderá ser alterado.

 

Pilar da Indústria 4.0

A Indústria 4.0 veio para ajudar em várias etapas da produção, ela é possível por causa de avanços na tecnologia nos desenvolvimentos, por exemplo, na informação e na engenharia.

As tecnologias que se sobressaem são:

 

Segurança

A quarta revolução na indústria tem encontrado muitos desafios e um deles é a segurança. Muitos problemas estão surgindo, como por exemplo, sistema sem comunicação, transmissão máquina-máquina com grandes defeitos, entre outros.

Esses problemas causam transtornos e gastos desnecessários na produção. Por isso a segurança está recebendo inovações e modernidade.

 

Converse com os nossos especialistas para testes de qualidade no seu negócio;

 

Big Data Analytics:

O Big Data Analystics trata-se de estruturas de dados complexas e extensas que utilizam captura, gerenciamento e análise de informações.

Na Indústria 4.0 ela consiste em Conexão à rede com sensores CLPs, Cyber que é a memória e o modelo, Cloud que é a nuvem de dados, Compartilhamento de informações, Conteúdo e a Customização, ou seja, personalização e os valores.

 

Internet of Things

A Internet das coisas nada mais é do que a conexão na rede dos objetos: veículos, máquinas, físicos e ambientes, através de dispositivos eletrônicos. Essa conexão permite a coleta e a troca de dados das máquinas.

A Indústria 4.0 causará um grande impacto no mercado financeiro do país. Pois com esse sistema, será possível novos modelos de negócios. Ele permitirá também de maneira fácil e inteligente a customização de vários produtos.

Hoje o mercado está competitivo e cada vez mais os clientes exigem produtos personalizados. Com essa nova tecnologia isso será possível com baixo custo.

É claro que os profissionais da área vão precisar se qualificar. Aquelas indústrias que ainda estão com recursos antigos, devem se atualizar. Trabalhos manuais em breve deixaram de existir.

Para isso já existem cursos e palestras que ajudam ambos a entrarem nessa nova era da tecnologia. Não fique para trás, atualiza-se e cresça.

 

Leia também:

JAVA: Os Primeiros passos/ Aprendendo sobre o Java;

Tendências de tecnologia no futuro graças a automação;

9 ferramentas de gestão da qualidade para implantar na sua empresa já!;

Testes de API: Como fazê-los da maneira correta?.

 

Para testes de qualidade conte com a Auditeste:

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *
Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>