Conhecendo o Business Intelligence (BI)

Hoje em dia, existem mais dados sendo usados do que você jamais será capaz de acompanhar e isso é completamente esperado. Imagine todos os indivíduos que têm acesso à internet fazendo lives, vídeos ou postando imagens. É simplesmente muito conteúdo.

Para as empresas, informações também são importantes, sejam elas geradas pelo público alvo na rede ou mesmo por um sistema de gestão interno. São a base para tomada de decisões estratégicas, algo que era feito na intuição dos gestores e líderes há não muito tempo atrás.

Essa atitude tem um termo específico, que se chama Business Intelligence (BI). Curioso para saber o que é e qual a importância disso? Continue lendo o nosso texto e descubra!

 

Entendendo o conceito de Business Intelligence

Certamente, você já deve ter compreendido que o BI leva em consideração dados para tomada de decisões estratégicas a fim de alavancar a empresa. Mas como exatamente isso acontece?

Bem, o BI leva em consideração a coleta, organização e a análise de dados a fim de tomar uma ação com posterior monitoramento. Assim, é possível embasar essa decisão e verificar se a mesma está gerando o resultado esperado.

Temos que deixar claro que esta não é uma ferramenta, mas sim uma metodologia que utiliza os dados levantados por softwares como ERPs.

O conceito de Inteligência de Negócios (nome em português) vai muito além disso e para te ajudar a entender, vamos descrever as etapas que citamos acima:

  • Coleta de dados: existem inúmeras informações que podem ser utilizadas por uma empresa, desde dados internos como produtividade, gargalos presentes, aproveitamento de oportunidades, e até mesmo questões como reputação e posicionamento. É importante ressaltar que o volume de dados que uma empresa possui ou que pode acessar é imensamente grande, e cresce exponencialmente;
  • Organização e análise: informações aleatórias de nada servem para as empresas. Elas necessitam ser organizadas em bancos de dados de forma que signifiquem algo e possam ser analisadas, gerando conclusões;
  • Ação e monitoramento: as deliberações feitas da análise servem como guia para a tomada de decisão; após isso, resta acompanhar de perto os resultados gerados e constatar se a abordagem está sendo bem-sucedida.

É possível constatar que essa é uma atividade que possibilita ter os dados certos, quando são necessários e para a pessoa correta.

 

Mas como fazer isso?

Para ter acesso aos dados, é necessário contar com ferramentas que ajudam não somente a conseguir essas informações, mas também a tratar os dados.

Um tipo de software são os ERPs., que tem por objetivo gerir toda ou parte da operação de uma empresa. Eles são especialmente úteis para conseguir insights sobre o funcionamento da empresa e, se bem utilizados, trazem inúmeros benefícios como aumento da eficiência de processos, maior segurança digital e até o ganho de produtividade.

Quando o assunto é análise dos clientes, os CRMs se destacam, que fazem a gestão de todo relacionamento com os clientes. Eles permitem que se gerencie contas inteiras ou mesmo acompanhe o cliente da primeira visita ao site até a efetivação do negócio. Certamente, existem inúmeros dados que podem ajudar na tomada de decisão, incluindo o próprio marketing.

Esses são somente dois exemplos. Existem muitas outras ferramentas, sejam gratuitas ou pagas, para auxiliar as empresas na implementação do BI: Google Analytics e SEMrush, Tableau, Microsoft Power BI, Qlik, dentre outras.

Cultura da qualidade no seu negócio;

 

OS BENEFÍCIOS DO BUSINESS INTELLIGENCE

O BI é o primeiro passo para estruturar o planejamento estratégico dentro da empresa, agregando valor não somente para a própria, como também para os seus clientes, que cada vez mais, terão acesso a um serviço especializado.

O tratamento adequado das informações permite que se tenha um conhecimento mais aprofundado do próprio negócio; facilita a disseminação de informações de suporte à gestão; análise em tempo real; permite uma melhor análise dos riscos, identificar oportunidades de venda; obter informações valiosas sobre o comportamento do público-alvo; dentre inúmeras outras!

Os erros mais comuns na gestão de projetos;

 

O FUTURO DO BUSINESS INTELLIGENCE

Se você não já conhecia o conceito de BI, certamente agora ficou interessado, afinal de contas, essa é uma tendência mundial. Hoje em dia, até mesmo pequenas empresas já podem utilizar dados para direcionar as suas decisões, basta estar atento às possibilidades.

Acreditamos que a maior tendência nesse meio é a integração da análise de dados em diversos cargos e funções, do financeiro ao marketing, das vendas à gestão de recursos humanos.

Não somente. Novas oportunidades de emprego certamente nascerão. Uma delas é o Chief Data Officer. Esse profissional foca os seus esforços em analisar e transformar os dados em estratégias para todos os setores da empresa. Certamente um ótimo ativo para agregar mais valor ao seu negócio.

De modo geral, veremos dados reais sendo cada vez mais relevantes em todas as áreas, guiando o processo de crescimento das empresas.

 

Erros de automação para serem evitados;

 

Esperamos ter deixado claro o que é Business Intelligence e qual sua importância para os negócios, não importando o seu tamanho! Continue acompanhando o nosso blog para mais dicas como essas!

Nos veremos no próximo texto.

CompartilharShare on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *
Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>